11 de nov de 2010

"O nosso amor se transformou em "bom dia!"..."

(Grand' Hotel - George Israel, Paula Toller e Luis Farias)


Antes de qualquer coisa não pense que isso é um mérito seu, não te esquecer foi minha escolha. Honro minhas lembranças, não desprezo o tempo que dediquei para alguém, não ignoro os poemas que li, não esqueço os sonhos que tive. Na verdade, não tem nada a ver com você, tem a ver com nós. Eu e você separados somos planos diferentes.

Se isso te faz feliz, não irei te esquecer. Não irei jogar pela janela os minutos que construi olhando para você, nem vou apagar tua voz abafada debaixo das cobertas das madrugadas, não vou trocar a cor da sala que escolhemos, não vou mudar os móveis de lugar para tentar acabar com o espaço que sobrou na sua ausência.

Quando penso em você quase nada abala. Dói mais quando penso em nós. E quando penso em nós ainda te amo, por isso não vou trocar teu nome seguido de amor no telefone, pois ainda me incomoda a possibilidade de que encontre alguém melhor, porque ainda me desconcerta a idéia que você possa se abrir para outra pessoa. Mantenho seu nome entre meus favoritos, ainda seu sobrenome assina com o meu no final.

Você parou para pensar que tínhamos quase tudo para sermos felizes? Mas quase ainda era muita coisa na nossa história. O quase incluía o descuido, a pressa, os outros compromissos menos necessários, nunca lembramos da velha frase de que o urgente não é o mais importante. A culpa não foi minha, não foi sua. A culpa foi nossa, veio depois, veio quando não entendemos que estavámos juntos não para dividir, mas para somar.

A felicidade brilha, resplandece no vocabulário. Tem lugar garantido no dicionário, nos sonhos, nos projetos de vida. Sempre pensamos na felicidade como um dia, e não no dia em que nos encontramos e a paixão nos dilacerou. A gente esquece do valor das coisas. Mas eu não vou te esquecer, uma conquista deve ser guardada, pode ser uma pessoa inteira, pode ser um minuto em que os olhos se cruzaram. Cada um sabe o que é valioso para si.

O que conquistei de você me pertence.



Cáh Morandi

20 comentários:

amanda disse...

Belíssima crônica cáh...
Parabéns, você me inspira!

:)

Juliana disse...

Tenho a certeza que esse é um dos textos mais lindos que eu já li.
Sei o que é isso e dói!
Mas concordo com você, não esqueça!

enorme beijo :)

Antonielson Sousa disse...

O texto é completo, não posso me dirigí-lo como perfeito, porque não acredito em perfeição. Mas bem que poderia postula-lo.

Abraços

Antonielson Sousa

Flávia disse...

Cáh...maravilhoso! Parece com o que estou vivendo...me vi em cada linha...rs

bjos!

Romero disse...

Grand' Hotel tem sido uma das músicas que mais escuto nas últimas semana - trilha sonora perfeita para meu atual momento. E essa crônica diz tudo que eu não conseguia dizer. Simplesmente perfeito.

(:

rívea duarte disse...

poxa, Cáh! não sei o que dizer, simplesmente lindo! terminar de lê-lo com os olhos marejados. ma-ra-vi-lho-so!

um beijo em seu coração.
,)

p.s.: escreves lindamente, é toda coração, alma e doçura!

Bloguinho da Zizi disse...

Menina
Só posso dizer que ... isso sim, é uma declaração de amor.
Lindo
beijinhos

Luna disse...

adorei chegar aqui.

N. Ferrarezi disse...

http://pensamentossenoidais.blogspot.com/
Dá uma olhada o que eu achei sobre seu texto. Espero que goste.
Beijo.

Dani Cezar disse...

que lindo, Cáh!

eu consigo "escutar" as tuas palavras. é fascinante!

:)

Mr Jaime - Semprefull disse...

Olá Cáh! Tudo bem?
Seu blog ta um show!
To seguindo!rsrsrsrrs
Passa no meu e se gostar segue ele!

Um grande abraço!

http://semprefull.com

ed disse...

esse negócio de amor é coisa séria...quando a gente se apaixona divide um pedaço da alma....que às vezes vai embora e nos deixa com a sesação de ter sido roubado

nathasha disse...

Nossa me emocionei viu?
Parabéns!!
Não conhecia teu blog, mas já virei fã!
Sucesso!

Malu disse...

Há muitos amores que se transformam e BOM DIA sem deixarem de ser AMOR...
Pense nisso!!!
Um grande abraço.

Yohana d'Arc disse...

Lindo demais, sentimento transborda!
Adoro seus escritos Cah, te descobri no meme, conhece? Te adicionei estes dias no orkut tb e agora por acaso te encontrei aqui entre seguidores que temos em comum!
Parabéns pelo talento, estou te seguindo e te adiicionando à minhs lista de blogs...que possamos ter contato! :)

Camila disse...

pertence e não vai embora, Né?

Malu disse...

Vim para deixar um grande NATAL e um ANO NOVO repleto de PAZ, HARMONIA e PROSPERIDADE.
BOAS FESTAS!!!!

O que Cintila em Mim disse...

"Lo que hacemos en vida resuena en la eternidad".

Sandrio cândido. disse...

triste quando o amor transforma se apenas em um bom dia.
abraços cah..
estou maravilhado com a força de tua escrita.

Monique disse...

*-* Que mágico.. amor . O melhor é sentí-lo.